Presa quadrilha que vendia carros alugados após colocar placas furtadas nos veículos

Na tarde desta quinta-feira (29), ação do Batalhão de Choque encaminhou pelo menos 5 pessoas, integrantes de uma quadrilha, para a delegacia por um esquema de furto e venda de veículos alugados. O grupo furtava placas de carros nas ruas, colocava essas placas em carros alugados e revendiam os veículos em sites e nas redes sociais.

Uma vítima, que estava na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, revelou ao Midiamax que tem uma empresa de aluguel de veículos. Um dos carros, um Ônix, era alugado para um motorista de aplicativo, e foi modificado pela quadrilha.

A vítima apontou que a quadrilha agia furtando placas de carros na cidade. No caso dele, o grupo teria encontrado um Ônix semelhante estacionado no Parque dos Poderes, furtou as placas e colocou no carro da empresa. Ele não soube detalhar se o veículo já tinha sido anunciado para venda, mas que era a intenção da quadrilha, que anunciava os carros como ‘bob’.

O empresário contou que participa de um grupo no WhatsApp de pessoas que alugam veículos e que uma empresária enviou mensagem, alertando sobre o caso. Ela teria mandado no grupo várias placas, dizendo que tinha descoberto que as placas furtadas eram colocadas nos veículos alugados, que depois eram revendidos.

Para o empresário, os integrantes da quadrilha teriam relação com os motoristas de aplicativo, mas o fato não foi confirmado pela polícia. O Major Rocha, comandante do Batalhão de Choque, confirmou ao Midiamax a operação realizada, que depois será encaminhada para a Defurv (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo e Furto de Veículos).

Ainda conforme o comandante, a ação foi feita no combate aos furtos e à associação criminosa. A princípio pelo menos 5 veículos chegaram a ser modificados pela quadrilha.